Pesquisar

Capítulo 8. Opções de Inicialização Adicionais para Sistemas Intel® e AMD

download PDF
Este apêndice aborda opções adicionais de inicialização e opções de inicialização do kernel disponíveis para o programa de instalação do Red Hat Enterprise Linux.
Para usar qualquer uma das opções de inicialização apresentadas aqui, digite o comando que você deseja executar no prompt boot: da instalação.

Argumentos de Comandos no Momento da Inicialização

askmethod
Este comando pede que você selecione o método de instalação que você gostaria de usar ao inicializar a partir do CD-ROM do Red Hat Enterprise Linux.
apic
Este comando de inicialização do x86 contorna um erro normalmente encontrado no BIOS do conjunto de chips 440GX da Intel, e deve ser executado somente com o kernel do programa de instalação.
apm=allow_ints
Este comando de inicialização do x86 altera o modo como o serviço de suspensão é tratado, e pode ser necessário para alguns laptops.
apm=off
Este comando de inicialização do x86 desativa o APM (Advanced Power Management - Gerenciamento Avançado de Energia). É útil porque alguns BIOSes têm erros no gerenciamento de energia (APM) e tendem a travar.
apm=power_off
Este comando de inicialização do x86 faz com que o Red Hat Enterprise Linux desligue (power off) o sistema por padrão. É útil para sistemas SMP que não desligam por padrão.
apm=realmode_power_off
Alguns BIOSes travam em sistemas baseados no x86 ao tentar desligar (power off) a máquina. Este comando altera o método através do qual isto é executado; do método executado pelo Windows NT para o método executado pelo Windows 95.
dd
Este argumento faz com que o programa de instalação solicite a utilização de um disquete de drivers.
dd=url
Este argumento faz com que o programa de instalação traga um aviso para você utilizar uma imagem de driver de um endereço de rede HTTP, FTP ou NFS específico.
display=ip:0
Este comando permite o encaminhamento de display remoto. Neste comando, ip deve ser substituído pelo endereço IP do sistema no qual você quer que o display apareça.
No sistema em que você quer que o display apareça, você deve executar o seguinte comando xhost +nome-de-host-remoto, onde nome-de-host-remoto é o nome do host no qual você está rodando o display original. Usar o comando xhost +nome-de-host-remoto limita o acesso ao terminal de display remoto, e não permite o acesso de qualquer um ou a qualquer sistema que não tenha sido especificamente autorizado para acesso remoto.
driverdisk
Este comando faz a mesma coisa que o comando dd e também solicita que você use um disquete de drivers durante a instalação do Red Hat Enterprise Linux.
ide=nodma
Este comando desativa o DMA em todos os dispositivos IDE e pode ser útil quando houverem problemas relacionados ao IDE.
linux upgradeany
Este comando desabilita algumas das verificações no seu arquivo /etc/redhat-release. Se o seu arquivo /etc/redhat-release for diferente do padrão, a instalação do Red Hat Enterprise Linux pode não ser encontrada ao tentar atualizar para o Red Hat Enterprise Linux 5. Use esta opção apenas se o seu Red Hat Enterprise Linux existente não tenha sido detectado.
mediacheck
Este comando oferece a opção de testar a integridade da fonte de instalação (se for um método baseado em ISO), e funciona com os métodos de instalação por CD, DVD, ISO de disco rígido e ISO de NFS. Verificar se estas imagens ISO estão intactas antes de tentar uma instalação ajuda a evitar problemas freqüentemente encontrados durante a instalação.
mem=xxxm
Este comando permite que você ultrapasse a quantidade de memória que o kernel detecta para a máquina. Isto talvez seja necessário para alguns sistemas mais antigos, onde somente 16MB são detectados e para algumas máquinas novas, onde a placa de vídeo divide a memória de vídeo com a memória principal. Ao executar este comando, xxx deve ser substituído pela quantidade de memória em megabytes.
nmi_watchdog=1
Este comando ativa o detector de bloqueio embutido do kernel. Pode ser usado para depurar bloqueios severos do kernel. Executando o NMI (Non Maskable Interrupt) periódico, o kernel pode monitorar se alguma CPU travou e imprimir mensagens de depuração conforme necessário.
noapic
Este comando de inicialização do x86 diz ao kernel para não utilizar o chip APIC. Pode ser útil para algumas placas-mãe com um APIC danificado (como a Abit BP6) ou com um BIOS errático. Existem relatos sobre sistemas baseados nos chips nForce3 da NVIDIA (como o ASUS SK8N) travarem durante a detecção do IDE no momento da inicialização, ou apresentarem outros problemas de despacho de interrupção.
noht
Este comando de inicialização do x86 desabilita o hyperthreading.
nofb
Este comando desabilita o suporte ao armazenamento temporário de quadros (frame buffer) e permite que o programa de instalação seja executado em modo texto. Pode portanto ser necessário para a acessibilidade de alguns componentes de hardware de leitura de tela.
nomce
Este comando de inicialização do x86 desabilita as verificações executadas na CPU. O kernel ativa auto-diagnósticos na CPU por padrão (chamado Exceção de Verificação da Máquina). Máquinas Compaq Pentium mais antigas podem precisar desta opção já que não suportam a checagem correta de erros no processador. Alguns outros laptops, especialmente os que usam o conjunto de chips Radeon IGP, podem precisar desta opção também.
nonet
Este comando desabilita a detecção de hardware de rede.
nopass
Este comando desativa a passagem de informação sobre teclado e mouse para o estágio 2 do programa de instalação. Pode ser usado para testar as telas de configuração de teclado e mouse durante o estágio 2 do programa de instalação ao executar uma instalação em rede.
nopcmcia
Este comando ignora qualquer controlador PCMCIA no sistema.
noprobe
Este comando desabilita a detecção automática do hardware e solicita informações do hardware ao usuário.
noshell
Este comando desativa o acesso através da janela de comandos no console virtual 2 durante uma instalação.
nostorage
Este comando desabilita a detecção de hardware de armazenagem SCSI e RAID.
nousb
Este comando desativa o carregamento do suporte USB durante a instalação. Se o programa de instalação tende a suspender prematuramente, este comando pode ser útil.
nousbstorage
this command disables the loading of the usbstorage module in the installation program's loader. It may help with device ordering on SCSI systems.
numa=off
O Red Hat Enterprise Linux suporta o NUMA (Non-Uniform Memory Access) na arquitetura AMD64. Apesar de todas as CPUs poderem acessar toda a memória mesmo sem o suporte ao NUMA, o suporte NUMA disponível no kernel atualizado faz com que, sempre que possível, as alocações de memória favoreçam a CPU a partir da qual são originadas, minimizando desta forma o tráfego de memória entre CPUs. Isto pode resultar em ganhos significativos no desempenho em certos aplicativos. Especifique esta opção para reverter para o comportamento não-NUMA original.
reboot=b
Este comando de inicialização do x86, AMD64, e intel® EM64T altera a forma como o kernel tenta reinicializar a máquina. Se ocorrer um travamento de kernel enquanto o sistema estiver desligando, este comando pode fazer com que o sistema reinicialize com sucesso.
rescue
this command runs rescue mode. Refer to Capítulo 26, Recuperação Básica do Sistema for more information about rescue mode.
resolution=
Diz ao programa de instalação qual modo de vídeo executar. Aceita quaisquer resoluções padrão, tais como 640x480, 800x600, 1024x768, e assim por diante.
serial
Este comando liga o suporte ao console serial.
text
Este comando desativa o programa de instalação gráfico e força o programa de instalação a executar em modo texto.
updates
Este comando solicita que você insira um disquete que contenha atualizações (correções de erros). Isto não é necessário se você estiver executando uma instalação em rede e já tiver inserido o conteúdo das imagens de atualização em rhupdates/ no servidor.
updates=
Este comando permite que você especifique um URL a ser usada para obter atualizações (correções de erros) para o programa de instalação, o Anaconda.
vnc
Este comando permite a instalação a partir de um servidor VNC.
vncpassword=
Este comando define a senha usada para se conectar ao servidor VNC.
Red Hat logoGithubRedditYoutubeTwitter

Aprender

Experimente, compre e venda

Comunidades

Sobre a documentação da Red Hat

Ajudamos os usuários da Red Hat a inovar e atingir seus objetivos com nossos produtos e serviços com conteúdo em que podem confiar.

Tornando o open source mais inclusivo

A Red Hat está comprometida em substituir a linguagem problemática em nosso código, documentação e propriedades da web. Para mais detalhes veja oBlog da Red Hat.

Sobre a Red Hat

Fornecemos soluções robustas que facilitam o trabalho das empresas em plataformas e ambientes, desde o data center principal até a borda da rede.

© 2024 Red Hat, Inc.