Pesquisar

39.3. Substituindo o Red Hat Enterprise Linux pelo MS-DOS ou versões de legacia do Microsoft Windows.

download PDF
No DOS e no Windows, use o utilitário fdisk para criar um novo MBR com o sinalizador não-documentado /mbr . Isto APENAS re-escreve o MBR para que inicialize a partição primária do DOS. O comando deve ser similar a:
fdisk /mbr
Se você precisa remover o Linux de um disco rígido e tentou fazer isso com o fdisk, o qual é padrão no DOS (Windows), você terá o problema Partitions exist but they do not exist. A melhor maneira de remover partições não-DOS é utilizar uma ferramenta que reconheça outras partições além do DOS.
Para começar, insira o DVD do Red Hat Enterprise Linux e inicialize seu sistema. Após ter inicializado através do CD, você recebe um prompt. No prompt de início, digite: linux rescue. Isto inicia o programa no modo de recuperação.
Você é questionado sobre seu teclado e escolha de idioma. Insira estes valores assim como você faria durante a instalação do Red Hat Enterprise Linux.
Em seguida, aparece uma tela comunicando que o programa agora procura por uma instalação do Red Hat Enterprise Linux para recuperar. Selecione Pular nesta tela.
Após selecionar Pular, você recebe uma janela de comandos onde pode acessar as partições que deseja remover.
Primeiro, digite o comando list-harddrives. Este comando lista todos os discos rígidos em seu sistema que são reconhecidos pelo programa de instalação, assim como seus respectivos tamanhos em megabytes.

Atenção

Cuidado para remover somente as partições necessárias do Red Hat Enterprise Linux. Remover outras partições pode resultar na perda de dados ou num ambiente de sistema corrompido.
Para remover partições, use o utilitário de particionamento parted. Comece parted, onde /dev/hda corresponde ao dispositivo do qual você removerá a partição:
parted /dev/hda
Usando o comando print, veja a tabela de partições atual para determinar o menor número da partição a ser removida:
imprimir
O comando print também apresenta o tipo da partição (como linux-swap, ext2, ext3, ext4 e assim por diante). Saber o tipo da partição ajuda a determinar se deve ou não removê-la.
Remova a partição com o comando rm. Por exemplo, para remover a partição com número 3:
rm 3

Importante

As alterações têm efeito assim que você pressionar a tecla Enter, portanto reveja o comando antes de submetê-lo.
Após remover a partição, use o comando print para confirmar que esta foi removida da tabela de partições.
Após remover as partições Linux e executar todas as alterações que você precisa, digite quit para sair do parted.
Após sair do parted, digite exit no prompt de inicialização para sair do modo de recuperação e reinicializar o seu sistema, ao invés de continuar com a instalação. O sistema deve reinicializar automaticamente. Se não o fizer, você pode reinicializar o seu computador usando Control+Alt+Delete.
Red Hat logoGithubRedditYoutubeTwitter

Aprender

Experimente, compre e venda

Comunidades

Sobre a documentação da Red Hat

Ajudamos os usuários da Red Hat a inovar e atingir seus objetivos com nossos produtos e serviços com conteúdo em que podem confiar.

Tornando o open source mais inclusivo

A Red Hat está comprometida em substituir a linguagem problemática em nosso código, documentação e propriedades da web. Para mais detalhes veja oBlog da Red Hat.

Sobre a Red Hat

Fornecemos soluções robustas que facilitam o trabalho das empresas em plataformas e ambientes, desde o data center principal até a borda da rede.

© 2024 Red Hat, Inc.